novembro 5, 2019

Blog thumbnail

Hemodiálise em cães e gatos

 

A hemodiálise é um método de depuração do sangue, utilizado para limpar as impurezas acumuladas em casos de doença renal aguda e crônica (Uremia). Animais com ureia acima de 150 mg/dl ou creatinina acima de 4,0 mg/dl devem ser encaminhados para evitar os efeitos danosos da uremia em outros órgãos, aumentando as chances de recuperação do paciente renal.


Hoje já é uma realidade na medicina veterinária. Ela se destina a tratar animais que apresentem insuficiência renal aguda, crônica e crônica agudizada. O objetivo da hemodiálise é o de retirar toxinas que se encontram acumuladas no organismo do animal. São estas toxinas que afetarão os outros sistemas orgânicos (estômago, intestinos, cérebro, coração, fígado etc…) levando ao óbito. Ao proceder com a hemodiálise, o veterinário está ganhando tempo, evitando que o organismo entre em falência e proporcionando uma maior possibilidade de recuperação total ou parcial dos rins. Além disso, se ganha tempo também para tratar as causas da insuficiência renal.
Diferente de seres humanos, a maioria dos animais NÃO FICAM DEPENDENTE DA HEMODIÁLISE. Com o correto diagnóstico e tratamento, um grande numero de animaisrecupera alguma função renal, podendo voltar a ter uma vida normal, com qualidade, semficar dependente da hemodiálise e, além disso, o custo do tratamento hoje em dia é bastante acessível. Os animais precisam em media de 2 à 4 sessões para saírem da agudização e poderem voltar ao seu clinico veterinário para tratamento conservador.
Alguns poucos pacientes que se tornam pacientes com rim terminal (quando o rim não possui mais capacidade de depuração para manter o animal vivo), podem ser submetidos à confecção de uma fistula arteriovenosa e mantidos em hemodiálise 1 à 2 vezes por semana com boa qualidade de vida.

Deixe uma resposta