junho 3, 2019

Blog thumbnail

Cuidados com seu cão no frio

Com a queda das temperaturas a incidência das doenças relacionadas ao frio aumenta nos animais também. Causadas por vírus e bactérias, esses males levam a crises de tosse, espirros, secreção ocular e nasal, apatia, falta de apetite e febre. Por isso separamos algumas dicas sobre o cuidados dos pets no frio.

1-Horário dos passeios
Ao passear com os cães em dias gelados prefira o período da manhã ou pelo meio-dia. O sol ajuda a eles se esquentarem. É possível notar se estão com frio através de suas patinhas, se estão mais geladas o animal está passando frio!

2- Proteção contra o frio
Os pets devem ser colocados em locais protegidos de vento e chuva. É importante ter a disposição roupas para cães de poucos pelos, principalmente, caminhas, edredons e casinhas confortáveis. Gatos gostam de ficar nas janelas, por isso é importante que tenham um espaço mais quente dentro de casa para se abrigarem.

3- É importante manter a carteira de vacinação sempre em dia. Doenças que lembram a gripe dos humanos por alguns sintomas semelhantes, a tosse canis (em cães) e a rinotraqueite (gripe dos gatos) podem ser graves, por isso o dono deve ficar atento.

4- Baixa umidade
Quando não chove os pets podem apresentar, assim como os humanos, coceiras nos olhos, boca seca, dificuldade de respirar e desidratação.

5-Comida em excesso
Assim como os demais membros da família, os pets também comem mais no inverno. Por isso é muito importante ficar de olho na alimentação de cães e gatos. Reduzir a oferta de petiscos nesta época do ano, em que o animal muitas vezes fica menos ativo em razão da diminuição dos passeios devido ao frio, a dica é falar com o veterinário para ver se ele indica uma ração light, nem que seja misturada à ração comum.

Deixe uma resposta